Archive for July, 2014

Greve de médicos no Hospital Espanhol

July 31st, 2014

Médicos que trabalham no setor de atendimentos de emergência do Hospital Espanhol deram início a uma paralisação, por tempo indeterminado, como forma de protestar contra as condições de trabalho. Os profissionais contratados com base na CLT são os que lideram a manifestação, porém os contratados como Pessoa Física também estão sendo prejudicados. Além de protestar contra o atraso do pagamento dos salários, a falta de recolhimento do INSS e do FGTS, a categoria reivindica a contratação de mais profissionais, bem como a compra de insumos e medicamentos básicos. Ainda não foi marcada uma reunião entre os médicos e o diretor do hospital, porém uma nova assembleia deve ser convocada em breve. Em fevereiro o modelo de gestão do hospital mudou e ele receberia a última parcela de um empréstimo feito pela Caixa Econômica Federal no valor de 25 milhões de reais.>

Obtenha mais informações nessa página.

Novas vagas para concurso na Prefeitura de São Paulo

July 22nd, 2014

Foram divulgados dois novos editais de concursos públicos pela Prefeitura Municipal de São Paulo. São 198 vagas disponíveis, junto as Secretarias Municipais de Finanças e Desenvolvimento Econômico e Planejamento, Orçamento e Gestão. O período para inscrição é do dia 27 de março até o dia 11 de abril, no site do processo seletivo. É preciso pagar uma taxa de inscrição que varia de acordo com a função pretendida entre 48 e 72 reais. Entre as vagas disponíveis estão a de auditor fiscal, com salário padrão de 2243,46 que pode aumentar e chegar até mais de 13 mil reais com gratificações variáveis e cumprimento de metas. A jornada de trabalho é de 44 horas semanais. Também existem vagas para especialistas em áreas como administração, orçamento e finanças públicas.>

Leia mais nesse site.

O custo das refeições em Florianópolis

July 18th, 2014

De acordo com um levantamento encomendado pela Associação das Empresas de Alimentação para o Trabalhador, a Assert, Florianópolis é a cidade da região sul do Brasil na qual a refeição em restaurantes é mais cara e, considerando todo o território, Florianópolis ocupa o quarto lugar no ranking das refeições mais caras. Entre os motivos para esse preço elevado estão, em primeiro lugar, o preço do aluguel dos imóveis na capital catarinense e, em segundo lugar, os elevados salários da mão-de-obra especializada no estado. O curto dos imóveis em Florianópolis é muito alto, e a maioria dos estabelecimentos funcionam em edifícios alugados. Já o salário de um bom cozinheiro no estado chega a um valor entre 3 e 4 mil reais.>

Siaba mais nessa página.

Classes CDE do Brasil no G20

July 14th, 2014

Renato Meirelles recentemente publicou um artigo no Brasil Post, a versão brasileira do jornal norte-americano Huffington Post. Neste artigo ele apresenta o perfil demográfico da população brasileira pertencente as classes C, D e E. De acordo com ele o contingente de pessoas quem compõe essas classes econômicas é tamanho que seria capaz de compor o oitavo maior país do planeta em termos de população, o que faria com que ele participasse do G20. A diminuição da pobreza no Brasil e esse número crescente de pessoal ascendendo socialmente é resultado da radicalização dos programas de transferência de renda.Em seguida ele abordou a falta de criatividade e vontade das empresas em flexibilizar e pensar seus negócios para se adaptar aos desejos e necessidades desse grande e significativo grupo de consumidores.>

Você pode ler mais nesse artigo.

Novos cortes nas despesas em 2015

July 10th, 2014

O déficit público que é esperado para o ano de 2015 exigirá novos cortes nas despesas, de acordo com o ex-ministro Teixeira dos Santos, do programa Conta Corrente que vai ao ar no canal Globo News. A redução do déficit público esperada é de 2,5 por cento, o que corresponde a 1,5 por cento do PIB, o Produto Interno Bruto, ou seja, uma redução no saldo da nação de aproximadamente 2,5 milhões de euros. Como a receita brasileira não vai melhorar nessa mesma ordem, cortes adicionais de despesa bem como melhorias na receita serão exigidos. Além dessa redução, existem outras razões para o corte nas despesas pois há uma dinâmica inerente nelas que faz com que algumas rubricas tenham aumentos significativos como, por exemplo, os juros da dívida pública.>

Encontrar mais informações nesse site.

Estado regulariza situação do Carhp

July 6th, 2014

O Estado de Alagoas vai colocar em prática a regularização da Carhp, a Companhia Alagoana de Recursos Humanos e Patrimoniais determinada por uma decisão do Tribunal Regional do Trabalho. Serão rescindidos os contratos da empresa com empregados com tempo de aposentadoria, os que já são aposentados pelo INSS e os que não cumprem as regras estabelecidas pela legislação trabalhista. A decisão foi favorável ao Estado, representando uma economia de 1,5 milhão de reais na folha salarial e ele garante que todos os requisitos trabalhistas sejam assegurados aos empregados afastados, ou seja, ficam garantidos o FGTS, a multa rescisória de 40 por cento, o décimo terceiro salário, as férias, o aviso prévio, entre outros. De acordo com a diretora jurídica da Carhp, serão analisados todos os casos dos funcionários especificamente.>

Busque mais informações nesse link.

Reajuste do Cemig pode encarecer conta para consumidor

July 2nd, 2014

A Cemig, Companhia Energética de Minas Gerais, pleiteou um percentual de reajuste no preço da energia elétrica junto a Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel. Esse pedido, se aceito pelo órgão regulador, poderá fazer com que a conta de energia dos mineiros aumente 29,74 por cento a partir do mês de abril. Isso representará uma elevação de 0,8 ponto percentual na inflação medida pelo IPCA, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, na região da grande Belo Horizonte. Os documentos enviados juntamente com o pedido indicam que este está apoiado no elevado valor dos componentes financeiros registrados pela empresa, que ficou em 850 milhões de reais desde o mês de abril. Essa é a diferença entre a previsão de custos feita pela agência e os custos que realmente foram verificados no período.>

Leia mais aqui.