Archive for the ‘dinheiro rapido’ Category

Penhora Conta Salário

February 18th, 2013

Penhora Conta Salário não é possível. A Conta Salário é impenhorável. Está artigo seiscentos e quarenta e nove do Código Civil. Essa impenhorabilidade tem a exceção do pagamento de pensão alimentícia. Do contrário, a penhora é impossível. A conta salário é um direito garantido ao trabalhador.

Trabalhador sempre tão sofrido neste país que sofre até hoje com os desmandos dos portugueses no tempo que o Brasil não existia. Todas as mazelas do país foram criadas pelos portugueses, tudo de ruim que existe no país é fruto da colonização extrativista da Coroa Portuguesa, e do povoamento do país que foi baseado em criminosos e meretrizes. Oh, os nobres de Portugal também vieram, mas Portugal sempre foi a escória da Europa, não a toa, quando se sentiram ameaçados por Napoleão, fugiram. Uma raça de covardes.

A covardia está impregnada no sangue e é por isso que o brasileiro assiste a tudo passivamente. É por isso tudo que o governo está cheio de ladrões, a população está cheia de malandros que apenas querem passar a perna no próximo e de vagabundas seminuas vendendo o corpo por uns trocados. E a educação sempre relegada ao último plano, cria jovens que sonha em pousar em revistas pornográficas, por isso a televisão está lotada de traseiros e tetas. E com tanta pele a mostra o tempo todo, os jovens apenas querem saber de fornicação.

Penhora Conta Salário depende também de interpretação jurídica, a Justiça é cheia de brechas, porque as leis são feitas de maneira dúbia para permitir todo tipo de descalabro jurídico. É por isso que o país está assim, afinal de contas os nobres legisladores que inventam as leis são indivíduos acéfalos que são eleitos por um povo de desmemoriados. Já dizia aquele francês, o país definitivamente não é sério. Logo, tudo aqui é bastante relativo, dúbio e duvidoso.

Modelo Carta Conta Salário

February 13th, 2013

Modelo Carta Conta Salário bom pode ser começando com o banco destinatário e então coloca o nome completo, número do documento de identidade (RG), e o número do Cadastro de Pessoa Física do Ministério da Fazenda (CPF / MF). É bom citar o segundo inciso da resolução de número três mil quatrocentos e dois do Conselho Monetário Nacional.

Também é interessante citar a data de início, dizer que não há custo, que os valores serão creditados integralmente na agência e conta de um determinado banco. Agência, conta e nome do banco devem ser citados. É importante registrar que a transferência ocorra assim que o dinheiro chegar, para que o dinheiro chegue à conta de destino com maior celeridade. É preciso informar o número do banco, nome do banco, agência e conta logo abaixo.

É importante que se faça três vias e assine todas e dizendo que uma deva ser devolvida protocolizada devidamente. Ao fim, marcar a cidade, a data, mês e ano. Assinar logo abaixo e deixar um espaço para protocolo de recepção do gerente. É bom solicitar carimbo. A base normativa da Conta Salário é composta por duas resoluções e duas circulares: Resolução do Conselho Monetário Nacional de três mil quatrocentos e dois do ano de dois mil e seis, Resolução do Conselho Monetário Nacional de número três mil quatrocentos e vinte e quatro do ano de dois mil e seis, Circular três mil trezentos e trinta e seis do ano de dois mil e seis e a Circular três mil trezentos e trinta e oito de dois mil e seis.

Abertura De Conta Salário

February 1st, 2013

A abertura de conta salário é importante, porque é um direito do trabalhador. A conta salário é um tipo especial de conta de registro e controle de fluxo de recursos que se destina ao recebimento de salários e similares. É uma conta que não admite outros depósitos além dos créditos da entidade pagadora e não pode ser movimentada por cheques. A conta salário traz a possibilidade de o trabalhador transferir o salário para uma conta diferente da que foi aberta pelo empregados, e não paga qualquer tarifa por isso.

A indicação da conta de crédito tem que ser comunicada pelo trabalhador para a instituição financeira por carta ou e-mail e a instituição financeira é obrigada a acatar a ordem em até cinco dias úteis. Também é possível sacar os recursos da conta salário ou depositar em conta aberta no mesmo banco. Também há isenção de algumas tarifas sobre essas contas. Beneficiário do INSS (Instituto Nacional da Seguridade Social) não pode ter conta salário. As disposições da conta salário não se aplicam aos beneficiários da Previdência Social. Diárias podem ser pagas por meio de conta salário.

Os recursos podem ser movimentados mediante cartão de débito, é possível pagar contas e faturas até por débito automático. Para os empregados da iniciativa privada, a conta salário se tornou obrigatória desde o dia dois de janeiro de dois mil e nove e para os servidores públicos se tornou obrigatória em dois de janeiro de dois mil e doze, o ano em que o mundo, infelizmente, não acabou.

Carta Abertura De Conta Salário

January 29th, 2013

Uma carta abertura de conta salário começa com a localidade, vírgula, dia de mês de ano. Ponto. Algumas linhas abaixo começa com Ilmo Senhor Ou Senhoras, nomeia o gerente pelo nome e informa a agência. Então declara que para devidos fins, o funcionário que é nomeado abaixo é parte do quadro de funcionário e então solicita a abertura da conta salário.

Para identificar o funcionário se usa o nome completo dele, o CPF (Cadastro de Pessoa Física), Endereço, Data de Admissão. E então se assina, coloca-se o nome de quem assina e o cargo que ocupa. É importante usar papel timbrado com dados da empresa. O documento é emitido pelo empregado, mas quem leva ao banco é o empregado. Basicamente isso. A conta salário é um tipo de conta especial que controla fluxo de recursos e é destinada ao recebimento de salários, soldos, proventos, vencimentos, pensões, aposentadorias ou coisa parecida.

Os únicos depósitos admitidos pela conta salário são da entidade que paga e essa conta não pode ser movimentada por meio de cheques. Para abrir uma conta salário é preciso que haja um contrato ou convênio firmado entre o empregador e a instituição financeira. Não é o empregado que abre a conta salário. Só o empregador pode abrir a conta salário e ele é responsável pela identificação de quem vai se beneficiar. Os bancos tem a obrigação de abrir a conta salário se prestam serviços de execução de folha para uma empresa. A Carta Abertura de Conta Salário é muito importante para a abertura da conta salário.

Conta Salário Bradesco

July 10th, 2012

A conta Salário Bradesco é regulamentada pelo Banco Central. A conta salário não permite outro depósito além dos créditos da entidade que paga e não pode ser movimentada por cheques. O Banco Bradesco incentiva que o trabalhador transfira o crédito de seu salário para o banco, por motivos óbvios, mas eles dizem que assim, o cliente passa a conta com todos os benefícios que apenas um banco como o Bradesco poderia oferecer, mas isso é apenas o que eles dizem, é importante analisar tudo.

Para quem já é cliente do Bradesco, é só preencher o formulário, imprimir uma via e entregar no banco, onde está atualmente recebendo salário. O próximo crédito de salário e os outros serão transferidos para a conta da pessoa no Bradesco. A transferência do dinheiro depende do processamento da solicitação pelo banco onde a pessoa está recebendo salário. Por essa razão, o banco recomenda que a solicitação seja entregue pelo menos cinco dias antes do dia de pagamento. É importante guardar o protocolo assinada pelo funcionário do banco. Para quem ainda não é cliente do banco, é preciso ir até uma agência, levar CPF, RG, comprovante de residência e comprovante de renda e abrir uma conta e então passar por todo o processo descrito anteriormente.

No formulário há espaços para preencher o nome do banco, o nome da pessoa, o número do CPF, o número da conta salário, a agência, a conta corrente do outro banco, a agência e conta corrente do Bradesco, local, data, assinatura, CPF, além de outras coisas que devem ser preenchidas pelo banco recebedor.

Lei Conta Salário

June 30th, 2012

Lei Conta Salário instituiu a chama conta salário, que começou a valer a partir do dia dois de abril de dois mil e sete, mas apenas para contratos de pagamento de salário que foram assinados a partir do dia seis de setembro de dois mil e seis. Para contratos de trabalho que foram assinados antes dessa data, a conta salário passou a valer no dia dois de janeiro de dois mil e nove, sendo que para servidores públicos só passou a valer no começo de dois mil e doze.

A instituição da conta salário permite que o trabalhador escolha em que banco prefere receber o seu salário, podendo solicitar ao banco em que a empresa deposita seu salário para que transfira para a instituição de sua escolha com isenção de tarifa na transferência da conta salário para outro banco. São vedadas tarifas para fornecimento de cartão magnético, a não ser em casos de pedidos de reposição decorrentes de perda, rouba, dano e outros motivos que sejam imputáveis para a instituição financeira. Também não pode haver cobrança para até cinco saques a cada crédito depositado. O beneficiário tem o direito de fazer pelo menos duas consultas mensais de saldo nos caixas eletrônicos ou no guichê de caixa e também de pelo menos dois extratos contendo a movimentação da conta nos últimos trinta dias, além de manutenção da conta, no caso de não haver movimentação.

A base normativa da conta salário é composta pela resolução do CMN (Conselho Monetário Nacional) de número três mil quatrocentos e dois de dois mil e seis, pela resolução do CMN de número três mil quatrocentos e vinte e quatro também de dois mil e seis e pelas circulares de número três mil trezentos e trinta e seis e três mil trezentos e trinta e oito, ambas, também do ano de dois mil e seis.

Bloqueio Conta Salário

June 18th, 2012

Bloqueio Conta Salário é indevido, salário é impenhorável. A base normativa da conta salário é composta pela resolução do CMN (Conselho Monetário Nacional) de número três mil quatrocentos e dois de dois mil e seis, pela resolução do CMN de número três mil quatrocentos e vinte e quatro também de dois mil e seis e pelas circulares de número três mil trezentos e trinta e seis e três mil trezentos e trinta e oito, ambas, também do ano de dois mil e seis.

Sobre a conta salário é vedada a cobrança de tarifas em transferências de dinheiro para outra instituição financeira, para crédito à conta de depósito do próprio beneficiário, seja conjunta ou não, contanto que os valores sejam transferidos totalmente, admitindo a dedução de parcelas de empréstimo, financiamento ou arrendamento mercantil que sejam contratados na conta salário. Se a transferência for parcial e para outro banco, a tarifa pode ser cobrada, mas se for ao mesmo banco.

É vedado o uso de tarifas para fornecimento de cartão magnético, a não ser em casos de pedidos de reposição decorrentes de perda, rouba, dano e outros motivos que sejam imputáveis para a instituição financeira. Também não pode haver cobrança para até cinco saques a cada crédito depositado. O beneficiário tem o direito de fazer pelo menos duas consultas mensais de saldo nos caixas eletrônicos ou no guichê de caixa e também de pelo menos dois extratos contendo a movimentação da conta nos últimos trinta dias, além de manutenção da conta, no caso de não haver movimentação.